Disney enfrenta forte oposição da Globo e aceita vender os canais da Fox Sports no Brasil

A Walt Disney Co. aceitará vender os canais da Fox Sports no Brasil e no México para que os negócios continuem nesses países, segundo pessoas próximas às discussões.

A Disney enfrentou oposição da Globo Comunicação e Participações SA, cuja preocupação está na concentração de redes esportivas.

A Disney está prestes a fechar sua aquisição de 71 bilhões de dólares dos ativos de entretenimento da 21st Century Fox Inc.

No início desta semana, as empresas concordaram com o desinvestimento recomendação do regulador antitruste brasileiro, e em uma reunião na próxima semana vai apresentar um acordo para continuar com a venda, de acordo com duas pessoas que pediram para não ser identificados.

A competição já mostrou interesse nos ativos, disse uma terceira pessoa.

No México, a Disney prevê que o regulador de telecomunicações (IFT) exigirá a venda da Fox Sports e está disposto a aceitá-la, de acordo com uma pessoa.

Nos dois países, os detalhes finais dos acordos ainda estão em discussão.

Não está claro, por exemplo, se os reguladores exigirão que as empresas vendam seus direitos à programação esportiva, como jogos de futebol, além dos próprios canais.

As empresas não responderam imediatamente aos pedidos de comentários e os reguladores preferiram não falar.

Os dois países estão entre os últimos grandes obstáculos ao acordo.

A Disney concordou em vender 22 redes esportivas regionais da Fox nos Estados Unidos e também sua participação de 50% nas redes A + E na Europa para cumprir com os reguladores.

Informações via Bloomberg


Disney enfrenta forte oposição da Globo e aceita vender os canais da Fox Sports no Brasil 1

Tyrion venceu sutilmente o Game of Thrones

No final de Game of Thrones , Bran Stark – indiscutivelmente o personagem menos útil que conseguiu sobreviver…

Polícia prende grupo de pessoas por distribuição ilegal de serviços de televisão

A Polícia do Estado da Letónia deteve um grupo de pessoas pela distribuição ilegal de…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *