Suzuki Jimny 2018 2016: Preço e consumo

O jipinho Jimny, antes conhecido como Samurai, que chega ao modelo 2013-2014 com uma gama mais completa e com públicos-alvo bem definidos.
São quatro versões, todas com tração 4×4 sob demanda e reduzida (marcha de força), motor de 1,3 litro a gasolina em alumínio e transmissão manual de cinco velocidades. Veja:

  • 4All é o Jimny para guiar na cidade — R$ 55.990
  • 4Sun acrescenta teto solar, parar atrair surfistas e aventureiros leves — R$ 59.990
  • 4Sport tem vocação off-road e pode ir a trilhas desafiadoras — R$ 61.990
  • 4Work é para o trabalho pesado, feito a partir da Sport — (preço sob consulta)

 
Não são valores acessíveis, e os preços não diminuíram com a produção nacionalizada — segundo a Suzuki, o modelo importado recebia subsídios para anular o efeito das idas e vindas tributárias do Inovar-Auto. A produção do Jimny nacional deve ficar em torno de 7 mil carros por ano — se vender todos, literalmente dobra seus emplacamentos na comparação com 2012.

2015-Suzuki-Jimny-White-preto-black-yellow-amarelo

O conteúdo do Jimny comum a todas as versões é bem magrinho. No ano-modelo atual ele não oferece airbags ou freios com ABS, itens que serão obrigatórios em 2014. Direção hidráulica e ar-condicionado garantem o mínimo de conforto. Foi adotada nova padronagem de tecido para os bancos e portas, e o conjunto de som inclui rádio AM/FM, CD player com MP3, WMA, USB e Bluetooth. As rodas de liga leve (aro 15″) têm acabamento em tom grafite.
suzuki-jimny-model-year-2014_21


Veículos elétricos: 2 milhões vendidos em 2018 e devem representar 57% de todas as vendas até 2040

Uma nova previsão de vendas de veículos elétricos diz que mais de 2 milhões de…

Solo EV uma mistura de carro e motocicleta elétrica entregue ao primeiro cliente nos EUA

Quando se trata de carros pequenos e peculiares, muitos deles têm uma maneira de ficar…

Automóveis: ajustes na busca do Google levantam alguns sites de compras online

As guerras de pesquisa do Google não são contestadas em um campo de batalha estático….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *